CRC/SC-010321/O-5

IR2022: Ganho de capital


O ganho de capital ocorre quando uma propriedade imóvel ou móvel é vendida por uma quantia superior ao valor pelo qual foi adquirida. Em outras palavras, essa diferença é o que representa o ganho de capital sobre a transação.

Parte desse lucro, obtido na operação, deve ser repassado à Receita Federal e a diferença entre o preço de compra e venda desse bem, informado na declaração anual do Imposto de Renda.

Para declarar essas informações de acordo com as regulamentações da Receita Federal, aprender como lançar o ganho de capital no Imposto de Renda e como funciona a tributação e recolhimento do IR é imprescindível para ficar em dia com o fisco.

Como funciona o ganho de capital?

 

ganho de capital, como explicado anteriormente, está relacionado ao lucro obtido na venda de uma propriedade de direito. Sendo esta diferença um rendimento considerado tributável, uma parte deste valor deve ser destinado à Receita Federal.

Por essa razão, criaram-se regras de isenção, tabela de tributação, cálculos e ferramentas para o recolhimento do tributo e a obrigatoriedade de mencioná-lo na declaração anual do Imposto de Renda.

 

Isenção do Imposto de Renda sobre o Ganho de Capital

 

Confira, a seguir, os critérios de isenção do IR sobre o ganho capital:

  1. Imóvel comprado antes de 1969 é isento da tributação, mesmo que exista lucro na venda.
  2. Se você tem somente um imóvel e o vende por um valor de até R$ 440 mil, sem ter realizado ação semelhante nos últimos cinco anos.
  3. Se você vender o imóvel e comprar outro imóvel residencial em um período de até seis meses (180 dias) com valor igual ou superior ao vendido - caso compre um imóvel por um valor menor do que o vendido, o restante será passível de tributação.
  4. Para a venda de imóvel com valor inferior a R$ 35 mil.
  5. Se o seu imóvel foi desapropriado para reforma agrária, o lucro da venda é visto como uma renda de atividade rural e, por isso, isenta de imposto.
  6. Imóvel comprado entre 1969 e 1988 possui redução do percentual da alíquota.
  7. Ganho de capital na venda de bens e direitos de pequeno valor, cujo preço unitário de venda, no mês em que esta se realizar, seja igual ou inferior a R$ 20 mil, no caso de venda de ações e outros ativos financeiros e a R$ 35 mil quando se trata da venda de veículos e demais casos.

Se você não se encaixa em nenhum dos critérios de isenção mencionados acima, seu ganho de capital é considerado um rendimento tributável. Logo, será necessário direcionar uma parcela desse valor à Receita Federal.

 Para saber mais, entre em contato com a Contabilidade Starconty e envie sua declaração.

Últimas Notícias

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidadePolítica de Cookies e nosso Termo de uso.

Concordo